As alianças de casamento são uns dos principais símbolos do matrimônio. Ao representar o laço de amor entre os noivos, elas também são responsáveis por sinalizar o novo estado civil do casal.

A escolha desse objeto tão importante deve ser feita com muito zelo, afinal é uma joia que será usada para sempre pela mulher e seu marido. Mas o que levar em consideração na hora de escolher o modelo?

Quer saber o que fazer nessa etapa importante do planejamento do seu casamento? Então seguem algumas dicas:

1- Comece a procurar com 6 meses de antecedência

A decisão pelas alianças de casamento precisa começar com pelo menos seis meses antes. A escolha precisa ser feita com calma, carinho e zelo, afinal você usarão a joia para o resto da vida, não é mesmo?

aliancas de casamento

O ideal é reservar pelo menos uns dois meses somente para a pesquisa de alianças: visitem lojas, experimentem vários modelos e encomendem ao joalheiro com os seis meses de antecedência, para que nada dê errado para o grande dia!

2- Escolha o estilo das alianças de casamento

Na hora de escolher as alianças, o principal critério deve ser o estilo do casal. o que também deve ser pensado é que joia precisa cair bem em todas as ocasiões, já que você nunca vai retirá-la do dedo. Nesse caso, alianças lisas são uma boa opção!

Mas existem diversos outros modelos, dos mais clássicos aos mais modernos, que seguem tendências da moda. Muitas alianças são cravejadas com pedras, diamantes ou brilhantes, por exemplo. Outras são menos arredondadas e hoje o mercado ainda oferece modelos anatômicos.

3- Pense no material das alianças

Depois de escolher o estilo, pense no material das alianças. Geralmente elas são douradas, confeccionadas com o tradicional ouro amarelo. Mas alguns casais optam pelo ouro branco ou rosê, e até mesmo a prata e o titânio têm surgido nas joias matrimoniais.

Se o par de alianças escolhido for de ouro, quanto maior os quilates (14, 18 ou 24), maior será também sua durabilidade.

aliancas de casamento

Algumas alianças podem ser confeccionadas com dois ou mais metais, o que vai de acordo com o gosto dos noivos. Mas o importante é que elas tenham a essência do casal e possam ser usadas com conforto e praticidade.

4- A aliança do noivo pode ser mais flexível

O que ainda não é muito comum no Brasil, mas que tem ganhado notoriedade é a maior flexibilidade do par de alianças. Elas não precisam ser necessariamente iguais! O estilo de cada anel pode variar, o que é ótimo para respeitar o gosto de cada um.

Existem até mesmo casos em que só a mulher utiliza a aliança. A princesa Kate Middleton é uma delas: no casamento real não ocorreu troca de alianças. Seu anel de noivado foi o mesmo da princesa Diana e o anel de casamento foi confeccionado com ouro doado pela Rainha. Muito fino, não?

 aliancas de casamento

sem-tc3adtulo-1

5- Preze pela qualidade das alianças

A beleza não é tudo! Portanto, ao escolher as alianças de casamento, fiquem atentos à qualidade da joia. No interior das alianças devem haver duas marcas: uma da qualidade do material e outra do fabricante.

Se o anel levar pedras como o diamante, preste atenção no seu corte: é ele quem determinará o brilho da pedra e sua qualidade. Portanto, procure um joalheiro de confiança e que entenda bastante sobre o assunto. Assim, você não terá dores de cabeça futuras com as alianças.

Suas alianças já foram compradas? Se não, já tem em mente o modelo que você quer usar para sempre? Que tal contar pra gente nos comentários abaixo? Estamos curiosos!



QUER RECEBER DICAS PARA O SEU CASAMENTO?

ASSINE GRATUITAMENTE  E RECEBA ASSESSORIA DE QUEM MAIS ENTENDE DE CASAMENTOS.

Ficamos feliz em fazer parte desse momento especial, obrigado

%d blogueiros gostam disto:
SiteLock