Os casamentos podem até se modernizar, mas os mais clássicos continuam sendo incríveis. Um belo exemplo disso é o casamento militar, que nunca deixa de esbanjar elegância e tradição. Se você ou o seu noivo são oficiais de alguma força armada, com certeza vão querer realizar uma cerimônia como manda o protocolo oficial!

Um casamento militar é marcado por algumas tradições que, apesar de não serem obrigatórias, dão um charme completamente especial ao momento. Vale lembrar que não é necessário ser em uma capela militar, mas se você quiser seguir bem à risca o protocolo, faça a reserva com antecedência e peça as informações necessárias para o capelão do lugar. Conheça quais são as principais coisas que não podem faltar no seu casamento:

casamento militar

1. Ritual da guarda de honra

No início do casamento, os oficiais convidados fazem uma guarda de honra, que escolta a noiva até o altar. Essa guarda é feita por duas colunas de pessoas, que se mantém em formação até o final da cerimônia. Depois disso, acontece a próxima tradição, que é o teto de aço.

2. Teto de aço

Essa é uma das tradições mais populares, que já foi adotada até mesmo por casamentos que não são militares. Assim que termina a cerimônia religiosa, a guarda de honra que estava formada faz uma espécie de teto com suas espadas, para os recém-casados passarem por baixo.

Os oficiais devem estar devidamente uniformizados, alinhados em corredor e empunhando sabres, no caso do Exército e Marinha, e espadas, no caso dos Fuzileiros Navais, por exemplo.

3. Farda oficial do casamento militar

Como já foi falado antes, todos os oficiais devem estar fardados, com trajes específicos para esse tipo de cerimônia. Geralmente, quando a noiva é militar, ela pode escolher entre usar sua farda ou o vestido de noiva tradicional! Os padrinhos e madrinhas, caso sejam também dos serviços militares, podem se vestir com suas fardas, para deixar o casamento ainda mais elegante e padronizado.

casamento militar

4. Corte do bolo com a espada

Outra tradição bastante conhecida é o corte do primeiro pedaço do bolo de casamento com uma espada. Nesse momento, a noiva e o noivo seguram juntos e fazem o corte. É claro que você só vai fazer isso se tiver uma festa ou recepção, mas se esse for o seu caso, deve investir na ideia.

Todas essas tradições não são rituais obrigatórios, mas é bem difícil um militar recusar segui-las em seu grande dia. O resultado de um casamento militar fica maravilhoso, cheio de pompa e recordações lindas. Você está pensando em fazer algum desses rituais em seu casamento? Deixe aqui seu comentário e nos conte!



QUER RECEBER DICAS PARA O SEU CASAMENTO?

ASSINE GRATUITAMENTE  E RECEBA ASSESSORIA DE QUEM MAIS ENTENDE DE CASAMENTOS.

Ficamos feliz em fazer parte desse momento especial, obrigado

%d blogueiros gostam disto:
SiteLock