Os bailes de debutantes são uma tradição bem antiga. A palavra “debutante”, para quem não sabe, vem do francês débutant, que significa iniciante ou estreia. A ideia era iniciar as meninas na sociedade, a partir dos seus 15 anos, fazendo com que elas passassem oficialmente para a vida adulta.

Nessa época, era a partir dos 15 anos de idade que as meninas começavam a frequentar reuniões sociais, ter permissão para usar roupas mais adultas e até mesmo casar! Parece um pouco diferente do que temos hoje, mas antigamente as meninas tinham uma data certa para se tornar mulher! Curioso, não?

Se você sonha em ter uma festa de debutante, então seria bacana continuar a leitura, para descobrir um pouco mais sobre essa história. Vamos lá?

bailes de debutantes

Os bailes de debutantes surgiram na Europa

Eles surgiram mais especificamente na Europa antiga, para falar a verdade, onde estão situadas hoje a Alemanha, Inglaterra, França e Áustria! Na época, as famílias nobres realizavam grandes bailes para apresentar suas filhas à sociedade. Muito próximo dos contos de fadas, não é mesmo? Pois você não está fazendo uma associação errada, é isso mesmo! A ideia era também atrair o maior número de jovens, possíveis pretendentes para as moças.

A troca de vestidos marcava a passagem de menina para mulher

Essa parte é bem interessante! O auge dos bailes de debutantes era quando a menina trocava o seu vestido mais simples e infantil por um modelo mais adulto. Esse último era mais sofisticado, digno de princesa, e era usado para dançar a valsa com o pai.

A valsa era a dança oficial

O tipo de dança poderia variar de acordo com a região ou os costumes locais, mas a valsa era sempre a mais recorrente. Essa modalidade de dança misturava características alemãs e austríacas, e se tornou praticamente oficial nos eventos nobres europeus.

bailes de debutantes

A tradição se propagou para outros países

Os bailes de debutantes se tornaram muito famosos, principalmente depois da Revolução Francesa, em 1789. Isso aconteceu, pois as famílias nobres estavam fugindo da guerra civil e foram obrigadas a migrar para as colônias europeias: Brasil e Estados Unidos! Em solos americanos, os bailes viraram febre, saindo em colunas sociais dos jornais da época e realizando concursos de vários tipos.

Os bailes passaram a acontecer em conjunto

Depois de um tempo, as famílias começaram a realizar esses bailes em conjunto: várias debutantes se reuniam e eram apresentadas à sociedade juntas. Os eventos aconteciam em hotéis, clubes e igrejas, por exemplo. Na famosa série de TV Gilmore Girls, por exemplo, a jovem Rory participa de um baile desses. Você já viu?

Não quero festa! Quero Viajar

Mais recentemente, já na década de 1980, as meninas passaram a trocar esses bailes por presentes mais caros e viagens. Por incrível que pareça, esses eventos ficaram fora de moda, mas acredita-se que as razões estavam relacionadas à inflação descontrolada e às crises econômicas da época.

Retomada da tradição

Com a retomada da economia, a tradição dos bailes de debutantes também voltou. Na década de 1990, esses eventos voltaram a bombar e, até hoje, não deixaram de crescer e se tornar verdadeiros shows de criatividade, bom gosto e diversão. O que está em alta agora são as festas com cara de balada, mas os vestidos de princesa continuam em alta.

Gostou de conhecer um pouco mais sobre os bailes de debutantes? Conte pra gente nos comentários o que você achou e nos diga como você quer comemorar (ou comemorou) os seus 15 anos!



QUER RECEBER DICAS PARA O SEU CASAMENTO?

ASSINE GRATUITAMENTE  E RECEBA ASSESSORIA DE QUEM MAIS ENTENDE DE CASAMENTOS.

Ficamos feliz em fazer parte desse momento especial, obrigado

%d blogueiros gostam disto:
SiteLock